quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Guia Completo: Desert Strike (Mega Drive), parte 1



Desert Strike é um jogo de ação com helicópteros que saiu para um sem número de sistemas na época, incluindo aí os famosos Mega Drive, Super NES, Master System e até Game Gear. Baseando-se e tomando como pano de fundo a Guerra do Golfo, temos a missão, à bordo de um apache americano, de destruir os planos do diabólico Kilbaba, um ditador que tomou o controle de um território fictício do Golfo Persa. Para tal, será preciso encarar uma série de missões em diversos locais diferentes, resgatar pessoas e destruir estruturas com o objetivo de arruinar os planos do vilão.

Comparações com a realidade à parte, é certo que o vilão Kilbaba foi claramente baseado na figura antológica de Saddam Hussein. Até a imagem do cara lembra bastante o Presidente do Iraque, morto em 30 de Dezembro de 2006 (sim, já fazem quase 10 anos se você estiver lendo isso em 2015). Diálogos e até cutscenes estão presentes por todo o jogo, dando um ar cinematográfico ao mesmo e agregando bastante à história já densa.

Com esse guia, pretendo mostrar tudo que o jogo oferece em termos de gameplay e história, como as variadas missões e até curiosidades. Vale lembrar que, apesar do jogo ter saído em vários sistemas, ele tem algumas particularidades principalmente nos controles para cada um. Esse guia se refere à versão do jogo para o Mega Drive, que é onde ele fez mais sucesso. Espero que todos apreciem este que é considerado de longe o jogo mais difícil da série Strike já feito! Mãos à obra!


Assumindo o controle do AH-64 Apache

Controlar o AH-64 Apache não é lá uma tarefa muito simples e prática no início, principalmente se você não tiver tido nenhuma experiência com a série antes. A visão do jogo é isométrica da mesma forma do tempo todo, o que te obriga a manobrar o helicóptero em todas as direções. O modelo do veículo gira em 360º para aumentar o dinamismo da jogabilidade, permitindo que o jogador posicione seu helicóptero onde ele bem entender e faça manobras rápidas para desviar de edifícios e torres.

Existem algumas opções de controle do helicóptero as quais você pode escolher qual se ajusta melhor ao seu jeito de jogar. Particularmente, eu prefiro o primeiro modo, "With Momentum", por se comportar mais realisticamente, permitindo manobras mais ousadas, mas você pode testar cada um deles e escolher qual melhor se adapta:

With Momentum - esse tipo de controle faz com que seu helicóptero acelere ao se apertar pra cima e desacelere com o direcional para baixo, podendo ser girado com os botões laterais. Nesse modo ele se comporta com mais realismo também, tanto que se você pará-lo bruscamente, ele ainda vai se deslocar por alguns metros antes de parar completamente;
From Above - seu helicóptero vai seguir pela direção apertada, sem a necessidade de se usar para cima ou para baixo para acelerar ou retroceder;
From Cockpit - é a mesma coisa que o "With Momentum", mas sem o lance dele se deslocar por alguns metros, parando imediatamente após soltar o dedo do direcional;

Seu helicóptero também vem munido de três tipos de munições limitadas, mas que podem ser coletadas durante as fases. São elas:

Metralhadora (botão C): é a arma padrão do Apache, vem com 1178 balas e é ótima para abater soldados, pequenos veículos e prédios quando você está seguro no local;
Hydras (botão B): pode acumular no máximo 38 e são ótimas para abater inimigos menores e até prédios, pois disparam rapidamente;
Missiles (botão A): é a arma mais poderosa que você vai carregar no jogo. Como são apenas 8 por vez, use-os sabiamente e, de preferência, em inimigos mais fortes;

O Menu



Apertando-se START, você acessa o menu do jogo, que contém todas as informações necessárias. Ali estão mostrados sua munição atual (A), a quantidade de combustível que lhe resta (B), a energia do Apache (C), se existem passageiros no helicóptero (D), quantidade de vidas restantes (E) e sua pontuação atual (F). Mais ao lado no centro da tela, estão os atalhos para se informar das missões do jogo. Cada botão mostra uma tela diferente no centro, que vão desde o mapa completo, um resumo da missão mostrada (que pode ser mudada usando os direcionais para os lados) e o status geral da fase, que mostra missões em andamento e completadas.

Tudo que você precisar saber sobre cada missão, essa tela pode te fornecer. Desde localização do alvo no mapa, informações mais profundas do objetivo, quantidade de armamento restante, combustível disponível, vidas, etc. Tudo pode ser facilmente consultado aqui.

O Mapa



O mapa do game é bem abrangente e mostra claramente os objetivos piscando na tela. Usando os direcionais para os lados, dá pra checar desde as missões daquela fase até itens essenciais que estão no mapa, como galões de combustível, caixas de munição e as áreas de pouso, que são usadas para MIA's, os famosos "miss in action", ou "perdidos em ação", termo usado para soldados que não se sabe o paradeiro e são dados como mortos, podem ser localizados em alguns mapas. É interessante você reservar um tempinho para resgatá-los (geralmente eles vestem alguma roupa diferente da verde, que são seus inimigos), alguns deles trazem informações relevantes sobre inimigos e localizações importantes no mapa. Para pegá-los, basta sobrevoar sobre eles que uma escada vai descer do helicóptero.
descarregar os passageiros.

Além dos MIA's, você também pode capturar inimigos que estejam correndo em solo, resgatar civis que ficaram perdidos na guerra, salvar inocentes, etc. São muitas variáveis que podem ser levadas para a base, mas, no geral, a maioria serve apenas para pontuação e para repor energia.

Alguns itens, entretanto, não são mostrados em nenhuma fase. Cada mapa é recheado de coisas e é claro que, num jogo como esse, itens secretos também existem. Vidas por exemplo, existem em todas as fases, mas não são mostradas. Alguns itens, como os galões de combustível, podem estar dentro de construções e essas não são mostradas. É preciso que o jogador destrua o prédio em questão para que o item apareça. Armor, o item que repõe sua energia, é outro que só existe dentro de prédios e construções. Outro item que existem todas as fases é uma espécie de mola retorcida de metal, chamada de Quickwinch. Esse item aumenta a velocidade do seu gancho, o que permite pegar mais rapidamente galões, munição e qualquer outro item do cenário. Ele fica à vista, mas não é mostrado no mapa.

Sobre construções



É até natural você ter um helicóptero super armado desses e, ao ver um prédio, apertar enlouquecidamente o gatilho para vê-lo explodir em uma nuvem de concreto em pó. Mas, saiba que muitas construções em Desert Strike (e posteriormente nos outros jogos da série também) não podem ser destruídos. De fato, o mapa não mostra as construções que podem ou não ser destruídas, à não ser as das missões. Prédios, conjunto de barracas, torres e outros tipos de coisas do cenário, muitas vezes ao serem destruídas, levam ao fim da missão, tendo que retornar ao navio e refazer tudo. Portanto, ao receber o aviso na tela "civilian building destroyed" ou "civilian BLDGS destroyed", evite continuar destruindo as construções próximas. Esse tipo de coisa acontece com mais frequência na segunda fase. Outro lembrete quanto à isso é que, se destruir alguma construção civil, não receberá o perfect score no final da fase.

Co-pilotos



Desert Strike te permite escolher um co-piloto. Alguns se dão melhor no disparo mais rápido dos tiros, outros se saem bem usando o gancho (puxam mais rápido os itens), etc. Entre todos eles, os recomendados ficam entre Keith Michaels e Lt. Carlos Valdez. Keith está disponível desde o início e Valdez pode ser resgatado ainda na primeira fase, como vou mostrar no guia. Ambos são ótimos, mas Valdez se destaca usando o gancho.

Algumas dicas gerais:
• para saber se está acertando um alvo, note que seus tiros mudam a cor de amarelo para cinza quando atingem algo que pode ser destruído;
destrua sempre os radares, isso em TODAS as missões e TODAS as vezes que você ver um. Eles são responsáveis pelo alcance dos inimigos, logo, sem radares, sua vida vai ficar muito mais fácil;
• fique atento ao aviso "DANGER ZONE". Se ele pipocar na tela, prefira se afastar do lugar, pois provavelmente você está próximo de alguma missão adiantada na fase. Os inimigos na danger zone vão arrancar o triplo de energia caso te acertem;
• cada soldado ou civil resgatado vale 150 pontos na sua energia. O máximo que dá pra carregar são 6, então, sempre que estiver com energia baixa, procure pelos MIA's e os leve aos Landing Zones para repor um pouco da sua vida;
• sobrevoar o oceano não gasta combustível;

Bom, dadas as devidas explicações iniciais, é hora de começar definitivamente o guia.

Campaign 1: Air Superiority

As primeiras ordens do comandante nos levam às cinco primeiras missões nesse começo do jogo. Além de descrever todas elas, ele dá uma ênfase maior ao resgate do agente secreto à serviço da inteligência militar, que detém os planos e mapas secretos do vilão. Ele ainda frisa que a melhor estratégia é fazer as missões conforme a ordem delas, à fim de se manter vivo na jornada.



Segredos do mapa:



• há uma vida te esperando ao extremo noroeste, cercada por AAA's, dentro de uma construção;
existem dois armor repairs nessa fase: um ao destruir a power station e outro mais abaixo, perto do final da estrada. Existem três prédios ali com um rapier os defendendo, no do meio encontra-se a energia;
o Quickwinch está mais ou menos no centro do mapa, perto dos dois círculos de estrada, dentro de um dos galpões;
o copiloto Valdez está à extrema esquerda no mapa, próximo à um avião caído, mate os inimigos ao redor dele e resgate o cara;

Inimigos locais

AAA - são bem rápidos e estão espalhados por todo o cenário. É o tipo de inimigo mais comum depois do soldado simples. Costumam estar dispostos em volta de alguma base ou alvo principal.

Rapier - é o inimigo mais complicado nesse início de jogo. Seus mísseis são perigoso e rápidos o suficiente para complicar sua vida. Tenha sempre em mente atacá-lo com  mísseis, pois um só já dá conta de sua frágil carcaça.

M3VDA - esses caras costumam aparecer de surpresa após destruirmos algum alvo ou construção. São bem rápidos no ataque, pois usam dois canhões, além de poderem se locomover, diferente de um Rapier ou AAA, que são fixos.


Missão 1: Radar Sites



A missão é simples: destruir os dois radares que aparecem no mapa, a fim de facilitar as missões seguintes. Ambos os radares estão protegidos por canhões AAA, que devem ser destruídos antes para facilitar o serviço (3 ou 4 hydras dão conta deles).

Missão 2: Power Station



Outra missão simples, basta seguir até o local no mapa e mandar bala na estação de energia inimiga. Evite sobrevoar os hangares ao se dirigir pra lá, ou o aviso de "danger zone" vai piscar na tela. Após destruir a estação e os inimigos dali (inclusive um rapier), um VDA vai surgir mais abaixo. Assim que destruir tudo, há um armor repair onde estava a estação de energia, caso necessite.

Missão 3: Air Fields



Agora sim, é hora de explodir alguns aviões particulares do Kilbaba. São dois lugares cheios de aviões e construções prontos para serem explodidos. Destrua tudo que tiver ali, hangares, aviões e torres. Cuidado com os soldados que lançam mísseis e com possíveis prisioneiros para serem capturados. Alguns hangares reservam itens como combustível e munição.

Missão 4: Command Centers



Aqui é preciso um certo cuidado, pois é necessário resgatar o comandante que vai sair da construção após você destruí-la. São duas centrais de comando, caso você mate sem querer o comandante de uma, ainda resta a outra com outro comandante. Se você matar os dois, terá que refazer a fase toda. Para evitar transtornos, procure sempre eliminar todos os inimigos em volta para conseguir realizar o resgate do alvo com segurança. Ele irá dizer onde está o agente secreto da inteligência.

Missão 5: Secret Agent



Assim que tiver a localização do agente, siga direto para lá. Mate os inimigos em volta (apenas um AAA) e destrua os prédios. Um deles vai revelar uma passagem subterrânea, sobrevoe o local para que seu co-piloto desça para pegar o agente (uma cutscene mostra tudo). Enquanto isso, mate todos os inimigos que aparecer (cerca de 4 VDAs) e então resgate-os em seguida, terminando a última missão.

Resgatando o agente secreto, basta retornar ao navio e terminar a fase. Sua pontuação será mostrada, bem como os possíveis descontos por ter matado civis ou destruído alguma construção civil no percurso. Na próxima parte, vamos dar continuidade ao Desert Strike em busca do vilão Kilbaba!

3 comentários:

  1. Achava que Desert Strike era mediano principalmente por ser multiplataforma, mas com este guia passei a me interessar. Esta versão seria a melhor? Teria grandes diferenças frente as demais?

    A influência da guerra do golfo nos jogos é bem interessante, me lembra a engraçada capa japonesa do 3rd World War para Mega CD, aonde o Saddam apertava a mão do Clinton, até revisamos no blog.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom cara, que trabalhão.

    ResponderExcluir