sábado, 3 de outubro de 2015

Especial 10 Hacks de Super Mario World



Já faz um tempinho que estou programando um post sobre os famosos hacks do clássico Super Mario World. E nada como aproveitar o ano em que o seu principal jogo, Super Mario Bros, completa 30 aninhos de vida pra isso. Pra quem desconhece o assunto, existe até um site especializado neles, contando inclusive com ferramentas que permitem a criação de jogos inteiramente novos baseados no clássico dos 16 bits da Nintendo.

Mas, esse post não é pra falar sobre o site, muito menos pra ensinar a fazer os hacks. Aqui, eu lhes trago os 10 hacks que considero os mais bacanas atualmente segundo o meu gosto pessoal. Como são dezenas deles, vale a pena visitar o SMW Central e dar uma pesquisada nos hacks disponíveis por lá.


A lista é composta por 10 jogos que considero os mais interessantes. Lembrando, eu não joguei TODOS os hacks do Super Mario World disponíveis, pois são muitos e cada um mais diferente que o outro. Outro lembrete: nesse site não se encontram as roms dos jogos e sim, apenas os arquivos IPS para aplicar na rom original. Portanto, baixe o Super Mario World de algum site que você prefere, extraia a rom e execute o processo de patchear que eu já expliquei nesse post aqui. Ele serve tanto para aplicar os patchs de tradução como esses que modificam por completo o jogo. Vamos à lista!

10 - The Senate
Saídas: 85
Dificuldade: HARD



Com uma história envolvendo Mario sendo sedado por um veneno e Mushroom Kingdom sendo atacada por seres denominados The Senate, essa hack é uma das maiores e mais difíceis disponíveis. Com um apelo visual interessante, eu diria que se trata de um jogo que todo fã de Super Mario World deveria investir um tempo pra jogar. A hack é enorme, o mapa esconde muita coisa interessante de se explorar e o jogo inteiro conta com músicas remixadas de outros sucessos, além de algumas novas. Como mencionado, o jogo é difícil pra caramba nas fases adiantadas, o que é um prato cheio pra jogadores mais experientes.

9 - This Hack Needs a Name
Saídas: 117
Dificuldade: NORMAL



Em This Hack Needs a Name (um nome bem... sugestivo), praticamente não existe história, ou ela é bastante sugestionada. Tudo começa com um daqueles blocos de informação dizendo que está preso ali e precisa sair de alguma forma. Dali em diante a aventura ganha um tom completamente randômico, com um mapa enorme, fases cheias de saídas alternativas e puzzles bem bolados, apesar de serem difíceis muitas vezes. O visual adotado é do Super Mario World 1 e 2 (Yoshi's Island), com músicas vindas de tudo quanto é jogo do Mario. Destaque para a criatividade do level design e da maneira como os puzzles foram dispostos: muitas fases te obrigam a levar uma chave sabe-se lá para onde, mas, acredite, ela vai abrir alguma passagem lá pelo final da mesma...

8 - Master Quest 7: Redraw
Saídas: ?
Dificuldade: NORMAL



Simples e direto: Mario precisa salvar Peach e Yoshi do Bowser. A história é essa e o jogo é inacreditavelmente lindo! Usando um estilo gráfico que mistura os jogos novos do Mario para NDS com um visual adaptado ao SNES, Master Quest 7 é um colírio para qualquer um que goste dos jogos do Mario. Desde o boneco do personagem, inimigos e cenários, tudo foi refeito com uma maestria impressionante! O próprio mapa é todo novo, com um visual muito bacana mas baseado no original, além das músicas serem, em sua maioria, rearranjadas com muito bom gosto. Eu diria que Master Quest 7 é uma obrigação de todo fã do personagem.

7 - Master Quest 8: The Final Quest
Saídas: ?
Dificuldade: HARD



Se pra você o Super Mario Bros 3 é insuperável, recomendo bastante esse hack. Master Quest 8 continua e finaliza a série "Master Quest", hacks feitas pelo criador "Alex No". Mesmo, na minha opinião, sendo inferior ao sétimo capítulo, essa hack ficou bem variada, tanto em cenários, como na jogabilidade em si. Existe um bom número de lugares e chefes vistos em outros jogos mais antigos do Mario, como a Byrdo fazendo uma pontinha, ou então fases temáticas baseadas principalmente no terceiro e primeiro jogos do Mario. Além disso, o jogo é bastante desafiador, passei pelo primeiro castelo e nada de poder salvar, fora que o Yoshi, pelo que andei lendo à respeito, só vai dar as caras lá pelo final do jogo...

6 - The Magical Crystals
Saídas: 115
Dificuldade: NORMAL



Magical Crystals poderia ser resumido em três palavras: uma salada interessante. A hack é uma mistura tanto sonora quanto gráfica, gerando um game bem interessante e que clama por ser descoberto à todo instante. Mario pode inclusive escalar paredes aqui quase do mesmo modo que Megaman em Megaman X. As músicas, como eu mencionei, compõem uma mistura da série Mario com Donkey Kong Country (até o tema da Aquatic Ruin Zone do Sonic 2 aparece aqui, devidamente remixado nos instrumentos do Super NES e adaptada ao mundo Mario), tendo altos e baixos em várias etapas. A dificuldade fica por conta de encontrar todas as saídas, já que algumas partes precisam realmente ser bem exploradas para se conseguir alguns itens como chaves ou canos escondidos. É um daqueles jogos pra se explorar bem vagarosamente.

5 - Wario's Adventure
Saídas: 77
Dificuldade: HARD



Eis algo bastante original no mundo das hacks de Super Mario World: uma hack que mostra as aventuras de Wario. E, se me permitem dizer, fizeram um trabalho monstruoso por aqui. Claro, o sprite do Mario apenas foi trocado pelo desenho do Wario, mas ele também pode executar aquele seu movimento próprio, o "encontrão" com botão X. Além disso, quicar em paredes também faz parte do panteão de movimentos do anti-herói. O game ainda tem algumas inovações bem interessantes, como o HUD enxuto, que só aparece quando você coleta alguma moeda Wario (que substitui as moedas do Yoshi aqui) ou alguma moeda.

4 - Kola Kingdom Quest
Saídas: 86
Dificuldade: NORMAL



O nome completo da hack é Mario & Luigi: Kola Kingdom Quest, o que já denota que Luigi também é controlável no game. De fato, mas apenas no modo 2 players. Kola Kingdom Quest é uma hack mais simpática do Super Mario World, apresentando uma história básica sobre resgatar a Peach e um mapa mais linear, sem muitas fases com saídas múltiplas, nem muitos puzzles ou chaves escondidas. As fases são bem bonitas e o jogo apresenta o mesmo esquema de HUD do Wario's Adventure, tendo uma tela mais enxuta e mostrando os itens apenas quando estes são coletados. É um jogo bem charmoso, com uma variedade de fases bem bonita, ambientadas em uma ilha. Vale a pena com certeza tentar terminá-lo, até porque ele é mais curto que o Super Mario World original.

3 - The Great Alliance
Saídas: 120
Dificuldade: HARD



Com impressionantes 120 fases (ou saídas, como quiserem), The Great Alliance é uma hack que não muda praticamente nada do visual do jogo original, mas evolui o level design com fases bem maiores e mais difíceis, além de adicionar alguns mecanismos novos. O jogo no começo pode parecer bem fácil e convidativo, de fato, até um dos blocos de informação exalta isso, mas à partir da terceira fase nota-se um salto enorme na dificuldade do jogo. Em The Great Alliance, Mario precisa acabar com vários vilões que se uniram após a derrota de Bowser no jogo original. Pra quem gosta de desafios e de explorar fases em busca de todos os segredos, The Great Alliance vai te manter bastante ocupado com seu enorme número de fases.

2 - A Very Super Mario World
Saídas: 120
Dificuldade: HARD



O próprio nome da hack já deduz do que se trata: aqui não temos planos de fundo diferentes, músicas novas ou de outros jogos, muito menos um novo sprite para Mario. A Very Super Mario World trata justamente disso: um novo Super Mario World, onde tudo é como já conhecemos, mas com um mapa novo e um design de fases que vai deixar muita gente irritada, pois a dificuldade aqui está em níveis altíssimos (a descrição diz que são 8 mundos normais + um extra, além do star world, special world e um mundo secreto onde a dificuldade é maior ainda).

À começar pelos segredos do mapa, as fases tem saídas alternativas que ficam muito bem escondidas que com certeza te farão jogar por muito tempo até descobrir todas. Julgando pelo tamanho do jogo e pela dificuldade do mesmo, os fãs do original não vão ter do que reclamar por meses até descobrir tudo que o criador, apelidado na comunidade SMW Central de SchwerMuta, enfiou nessa hack. Trata-se de uma das melhores e mais desafiadoras hacks já feitas!

1 - Vanilla Level Design Contest 2015
Saídas: 121
Dificuldade: NORMAL



Essa hack trata-se de uma coleção de fases criadas por todos os desenvolvedores do site. O jogo inteiro tem um mapa aberto, podendo-se explorar as 95 fases livremente, mas tendo que terminá-las para poder acessar o mundo secreto do jogo. Todas as fases não seguem nenhum padrão comum, sendo todas criadas individualmente por várias pessoas envolvidas. Então, espere toda aleatoriedade que existe, desde fases mais difíceis, outras mais fáceis, umas cheias de segredos, outras com coisas óbvias e por aí vai. Vale como desafio conseguir completar todas e acessar o mundo secreto. Recomendo bastante!

15 comentários:

  1. Eu conhecia alguns poucos daí, mas tem muita novidade boa pra testar... Vou indicar esse texto pra um amigo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os caras não param de criar coisas novas, qualquer hora até eu vou me aventurar no Luna Magic...

      Excluir
  2. Ótimo post, entretanto só uma correção, o personagem Mario já tem mais de 30 anos, quem faz 30 anos é o jogo "Super Mario Bros.".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela correção, o sono bateu tão forte ontem que deixei o Mario mais jovem hehehe!

      Excluir
  3. Caramba Mario é muito rico(sem trocadilhos com as moedas) tanto que serve de base para muito jogo diferente.E vende bem até hoje.
    Nunca tinha ouvido essa expressão "saídas" para fases.Interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os criadores dessas hacks tratam as fases como saídas, pois uma única fase pode gerar 2 ou até 3 saídas, dependendo do jogo. Tem hack aí que se fosse montada num cartuchinho iria fazer muito sucesso!

      Excluir
    2. A tá, agora entendo o lace.Eu nunca joguei hacks, depois de tanto tempo um game ser amado e relevante, a ponto de alguém investir tempo montando variações, é algo notável.

      Excluir
  4. Não conhecia o site e, obviamente, os hacks descritos no post, mas são bem interessantes.
    O dia que bater saudade de jogar Super Mario World, acho que vou partir pra um desses aí. Dependendo do espírito pego um dos difíceis, o Very Super Mario World parece bem bacana!
    Outro excelente post!

    ResponderExcluir
  5. O Super Mario World me enjoava um pouco pelo minimalismo temático exagerado, mas quando é mesclado aos outros cenários de jogos parentes, a ideia é muito bem vinda. O post é uma boa saída porque não se foca somente naqueles hacks ultra extrapolados, é bom ver como sai a criatividade dos programadores sem as ideias insanas.

    ResponderExcluir
  6. Joguei muitos desses hacks, tem uns que são extremamente bem feitos. E a cada ano eles se superam hahahaha... Ótimo artigo.

    ResponderExcluir
  7. não estou conseguindo abrir no meu emulador, qual devo usar ?

    ResponderExcluir
  8. manero as rom parabens so não baixei link

    ResponderExcluir